segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Conto: O Quarto Misterioso de Jade:


                                                                   Parte 1 

 Bom, eu sempre fui uma adolescente normal, até aquele dia, o dia que eu encontrei o porão da minha casa. Eu sempre tive de dividir o quarto com meu irmão mais novo, Brian, o quarto que era pra ser só meu, mas tudo mudou, quando eu encontrei o porão que até meus pais esqueceram.
-Mãe, pai, vocês precisam ver isto - puxei os dois para que vissem o porão.
-Hm, querida, você se lembra disso? - Disse meu pai para minha mãe, que logo o encarou com uma cara de espanto.
-Nã... Sim! Lembra, no dia em que viemos comprar a casa, que até o vendedor nos mostrou dizendo que era perigoso - Respondeu minha irônica mãe dando suas pequeninas risadas.
-Vamos lá em baixo olhar? - Pedi aos dois com cara de dó.
-Vamos.
  Descemos a escura escada de madeira, até que meu pai esbarrou em algo estranho. Era o interruptor de luz, quando ele acendeu, o porão estava cheio de pó, e teias de aranha. Eu por minha vez, comecei a limpar o porão todos os dias, até que me veio a ideia na cabeça.
-Pai, posso ficar com o porão? - O pedi, ele me olhou com uma cara de espanto que logo se voltou para seu computador.
-Fale com sua mãe - Ele me respondeu sem dar muita atenção.
 Desci as escadas até chegar á cozinha, onde estava minha mãe fazendo o almoço, arroz, feijão e frango assado, minha comida favorita.
-Mãe, posso fazer do porão meu quarto? - Pedi à ela.
-Será que é uma boa ideia? - Minha mãe respondeu com aquele jeito dela, toda preocupada.
-É sim mamãe, é muito seguro por lá! - Comecei a pular de alegria.
-Tá bom, mas tem de prometer que vai se comportar. - Disse minha mãe sorrindo para mim.
  Aquele dia, eu era uma adolescente perfeita, com amigos, escola legal, e o melhor, um quarto só para mim. Depois de carregar as mudanças com meus pais, fui limpar meu novo quarto, e foi onde achei um pequeno livro, mais parecido com uma agendinha. Tinha umas palavras nele que estavam meio borradas, guardei-o dentro do meu criado mudo, e fui ligar para Stella, minha melhor amiga.
-Alô, quem fala? - Atendeu a mãe de Stella, com aquela voz assustadora.
-O-oi, sou eu, Jade, a Stella está? - Respondi com um pouco de medo.
-Só um minuto que vou chama-lá.
-Tá bom, obrigado - Respondi aliviada.
-Alô, Jade? - Stella atendeu o telefone com uma voz de sono.
-Amiga, você nem sabe. - Disse entusiasmada.
-Oque foi doida? - Stella já estava curiosa.
-Eu estava aqui em casa, e achei um porão.. - Fui interrompida
-Porão? Mas isso é muito assustador. - Stella falou meio que com nojo
-Que nada! Meu pai pintou de rosa e fez meu quarto, só para mim! - Respondi muito feliz.
-AAAAAAAAHHHHHHHHH! Um quarto só para você? Agora podemos fazer nossas festas do pijama sem aquela coisa do Brian - Stella pulava de alegria.
  Na semana seguinte, meu quarto estava completo, meu computador, telefone, etc. E eu já havia esquecido da tal agenda, foi quando abri meu criado mudo para procurar um batom e á vi lá, abri-a, verifiquei todas as páginas, algumas continham palavras estranhas, outras ensinavam rotas, como um mapa, e bem na primeira página, tinha a frase: NO CHÃO, ABRE DESCE E CAVA. Fiquei com um pouco de medo, mas nada de falar com meus pais, pois eles iriam ficar doidos. Nesta noite, eu fui dormir, só que estava com um pouco de insônia, então fiquei pensando, como que é bom ter um quarto só pra m... Meus pensamentos foram interrompidos por umas vozes estranhas que viam do meu quarto. Algo como:
-AAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH - Como se fosse aqueles gritos grossos de fantasma.
  Pensei ser coisa da minha imaginação, até minha boneca que eu ganhei quando tinha 2 anos caiu da estante, me encolhi toda na cama e fiquei com o travesseiro em cima do rosto. Foi então que ouvi uns passos chegando perto, alguém encostou a mão na maçaneta, a porta foi se abrindo lentamente. Quando me dei conta era....
P.S. : Este conto está sendo elaborado por mim, não estou pegando de ninguém. 




1 comentários:

Marcelle Dantas disse...

Oi Gabriel!

Nossa, eu adorei o conto, muito legal! Fiquei super curiosa com o que vai acontecer com a Jade, o que é esse caderninho no porão! Espero pela segunda parte!

Beijos,

Marcelle
bestherapy.blogspot.com

Postar um comentário